Maratona literária 24h - Como foi?

Chegou a hora de contabilizar os resultados da minha mais recente maratona. 

Livros para serem lidos na maratona. 


(19/09)


A intenção era começar a ler às 22h. Depois mudei para 22h30min... E no final das contas, iniciei mesmo às 23h. Isso porque tive um dia cheio na escola em que trabalho. Em função da data comemorativa, tivemos um evento de cultura gaúcha, com danças, declamações e canções. Além disso, o fato de ter ostentado um vestidão de prenda e um salto alto durante boa parte do dia cansou minha beleza. Ainda teve uma reunião à noite e, como tive que esperar carona para ir para casa, cheguei ao meu lar bem tarde. 


Bem, mas chega de lamúrias e vamos ao rendimento. Na noite de terça, li pouquinha coisa. Foram cerca de 95 páginas divididas entre os livros As aventuras de Tibicuera (Érico Verissimo), O aprendiz de feiticeiro(Mário Quintana) e A casa das sete mulheres (Letícia Wierzschowski). Depois disso, decidi dormir, porque não tinha mais condições de aproveitar nada de leitura. 

Notem minha cara de acabada, um pouco antes de desistir de ler mais. hehe


(20/09)

Acordei um pouquinho mais descansada na quarta e iniciei o dia com a leitura de mais algumas páginas de O aprendiz de feiticeiro, enquanto tomava meu café da manhã. 



Depois disso, me preparei para um churrasco com amigos, levando, claro, alguns livros junto. Durante o caminho até o local em que faríamos o churrasco, aproveitei para ler e ao longo do dia tirei vários tempinhos para ler um pouco. Nesse meio tempo, li por completo Caminhando na chuva (Charles Kiefer).



Após chegar em casa, foram mais algumas páginas lidas, entre as tarefas que tinha para fazer em casa. Conclui a leitura de As aventuras de Tibicuera e li um dos contos de Treze (Duda Falcão). Em seguida, li mais algumas páginas de A casa das sete mulheres.

Saldo final

No total, foram três leituras iniciadas e concluídas na maratona: 
Caminhando na chuva (Charles Kiefer) - 132 páginas
O aprendiz de feiticeiro (Mário Quintana) - 51 páginas
As aventuras de Tibicuera (Érico Verissimo) - 158 páginas

Além disso, li 27 páginas de Treze (Duda Falcão) e 93 de A casa das sete mulheres (Letícia Wierzschowski). 

Meu único fracassinho foi não ter nem tocado no Meia-noite e vinte (Daniel Galera). 

No total, foram 461 páginas lidas no feriado. E o melhor de tudo é que foram leituras de qualidade, feitas com tranquilidade e sem deixar de me dedicar também a outras coisas, como estar com os meus amigos. Se eu tivesse ficado lendo intermitentemente, talvez não tivesse curtido tanto minhas leituras. Por isso, termino essa pequena maratona bem satisfeita. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maratonas...

Projetos para 2018

Publicações de 2017