quarta-feira, 6 de abril de 2016

Nas nuvens





Navegar num céu de tempestade
Sonho meu, ondear nas nuvens.
Ventos do norte enfunem velas,
Raios de sol ainda tingem a água.
A nuvem revoltosa já balança
Imensidão cinzenta de bruma
Vou velejar eternidades.

Nenhum comentário: