sexta-feira, 25 de abril de 2014

Poseidon




TÍTULO: Poseidon - O legado de Syrena vol. 1
AUTOR: Anna Banks
EDITORA: Novo Conceito

Ler Poseidon não estava nos meus planos. Na verdade, eu nem tinha ouvido falar do livro ainda, mas me apaixonei de primeira pela capa assim que vi e quando li a sinopse, decidi que era o que eu precisa ler, pra descontrair um pouco. E pra melhorar tudo, ganhei o livro em uma promoção da Novo Conceito, como já contei pra vocês na última Caixinha de Correio.

O livro conta a história de Emma, uma garota muito peculiar por ter cabelos quase brancos de tão loiros e olhos num tom raro de violeta. Além disso, Emma é anormalmente pálida e desastrada, tendo uma tendência a bater nas coisas ou nas pessoas.

E é exatamente através de um momento embaraçoso de falta de coordenação motora que ela acaba trombando com Galen, um rapaz de pele bronzeada, cabelos negros e que tem o mesmo tom de violeta dos seus olhos!

Para a garota, à primeira vista, esse encontro não significa mais do que um mico. Mas para Galen, pode significar que ele encontrou algo que procurava há muito tempo. É porque o garoto é, na verdade, membro do povo dos Syrenas e está em terra procurando uma descendente de seu povo que tenha um dom especial. Ele suspeita que Emma seja quem procura e por isso passa a observá-la e se aproximar dela, tentando descobrir se está certo ou se seus sentimentos por Emma significam outra coisa.

O primeiro fator que me agradou nesse livro foi que a história é dividida entre o ponto de vista de Galen e Emma, alternados entre os capítulos. É muito bom acompanhar os pensamentos e sentimentos dos dois lados da história e saber quais são as hesitações, medos e dúvidas dos personagens centrais.

O enredo não é propriamente original e usa aquela mesma ideia básica de tantas outras séries juvenis, com uma garota desastrada e que não ache que seja tão bonita que se vê cercada pela atenção de um garoto bonitão e cheio de mistérios que se revelam relacionados ao sobrenatural ou mágico. Os próprios mistérios que a história tenta manter são fáceis de decifrar e eu adivinhei muitas coisas de cara.

Entretanto, apesar dessas previsibilidades, essa é uma leitura muito gostosa de fazer, em parte por causa da forma como a autora desenvolveu a relação dos protagonistas, que se conhecem por acaso e acabam convivendo por causa da suspeita de Galen. Os dois brigam bastante e Emma a princípio não quer se aproximar de Galen e não entende suas intenções.

Correr não é uma boa ideia pra mim, pra inicio de conversa. Correr com lágrimas embaçando minha visão, pior ainda. Mas correr com lágrimas borrando mina visão e usando chinelos é uma falta de respeito à vida humana, a começar pela minha. Então, não me surpreendo quando a porta do refeitório se abre na minha cara. Fico surpresa quando tudo fica preto.
Página 44.

O mais legal da história pra mim foi que há humor no meio da história. Mais de uma vez me peguei dando uma gargalhada em algum trecho, mesmo que estivesse lendo em um local público. A autora cria algumas situações e diálogos bem inusitados e para isso se aproveita de alguns personagens coadjuvantes que são muito cativantes.

-Isso não vai dar certo. Não sei o que estou fazendo – diz ele.
-Querido, o que aconteceu? Não pode ser tão ruim.
Ele assente.
-Mas foi. Eu deixei a Emma inconsciente.
Rachel cospe o vinho de volta no copo.  
-Ai, querido, hum... Esse tipo de coisa tem sido mal vista há anos.
Página 45.

Como já comentei, achei a capa linda, afinal foi o que me chamou a ler o livro. Gostei da imagem escolhida e das cores usadas. Por dentro, o livro conta com uma distribuição de texto muito boa, com espaço considerável entre as linhas e uma fonte confortável para a leitura. Além disso, os cantinhos das páginas são decorados com desenhos de ondas e os começos dos capítulos também. Achei um toque legal e que tem tudo a ver com a história.

Recomendo o livro para quem está procurando uma leitura divertida, com uma boa dose de romance e personagens carismáticos. É uma boa opção para quem quer se distrair um pouco. 

8 comentários:

Garota Literary disse...

Eu quero muito ler esse livro, ele me conquistou logo pelo nome e a capa AH! essa capa linda!
seguindo
garotaliterary.blogspot.com.br

Paulinha Marcelino disse...

To pensando em ler, parece ser bom.
Ótima resenha.
http://annamarcelino.blogspot.com.br/

Clube das 6 disse...

Olá Niki :)
Poseidon foi um livro que me chamou atenção desde o seu lançamento por abordar o tema "sereias", que é algo que eu amo de paixão! Mas ultimamente, lendo as resenhas, a sua inclusive, estou na dúvida se irei gostar da história :/ Esse negócio de garota desastrada e menino bonitão me irritam um pouco e ando fugindo de personagens assim, porém, algo que vc citou na resenha me acendeu um pouquinho de esperança: o humor. Adoro livros que contém algumas doses de humor e acho que por isso eu ainda não irei desistir de ler Poseidon, só que ainda vou esperar um pouco :)

Beijos
Débora - Clube das 6
http://www.clubedas6.com.br/2014/04/na-fila-lista-de-desejos.html

Inês Gabriela A. disse...

A capa desse livro é linda, a premissa é interessante, acho bacana livros que envolvem sereias e tal e sua resenha me animou. Preciso mesmo de algumas horas de diversão <3.

http://memorias-de-leitura.blogspot.com

Todas as Letras por um Tom disse...

Tenho que concordar com a Inês Gabriela, na postagem de cima. A capa é de fato um super convite a levá-lo para a casa.
Confesso, até o dado momento o mais próximo que estou de Poseidon é a segunda saga de Rick Riordan, mas que acho excelente e divertido.

Mais uma vez obrigado por compartilhar suas leituras!
Bom final de semana.

Camila Deus Dará disse...

Que legal!
Eu já tinha visto a capa, mas não conhecia a sinopse.
Fiquei com muita vontade de ler agora, pois gosto de livros assim e vc tbm gostou. Acho que lerei em breve. ;)

HONORATO, Sandro disse...

Boa noite :)
Como vai,Niki?
Eu não conhecia este livro,eu acho :(
a capa é linda,bem feita :)

Gostei da sua resenha,vou colocar a obra na minha lista ^^
Beijos e tenha uma excelente semana

Rimas Do Preto

Amanda Almeida disse...

Oi Niki, tudo bem?
Eu estou com esse livro pra ler, mas ainda não tive tempo. Mas acho que vou incluí-lo assim que tiver uma leitura mais densa e pesada. Parece ser um livro tranquilo e gostoso.
Abraços,
Amanda Almeida
Você é o que lê