domingo, 9 de junho de 2013

Os pinguins do Sr. Popper

Página do livro no Skoob
        Comprei esse livro na feira do livro de Porto Alegre do ano passado e ele foi ficando na minha estante, de lado, até agora. Finalmente resolvi ler “Os pinguins do Sr. Popper” e devo dizer que valeu a pena.
        O Sr. Popper é um pintor de paredes que vive com a mulher e os filhos na cidade de Água Mansa. A temporada de reformas de primavera está acabando e com isso o Sr. Popper tem um longo período para ficar em casa e dedicar-se ao seu passatempo preferido: ler sobre expedições aos Polos.
        Acontece que no começo de suas férias, o pintor recebe uma encomenda do Almirante Drake, um chefe de expedições ao Polo Sul para o qual escreveu. E essa encomenda é, na verdade, um pinguim. Chamado de Capitão Cook, o pássaro passa a ser o bichinho de estimação dos Popper, alegrando a todos na casa e na vizinhança.
        Logo os Popper conseguem uma companheira para ele, e dez filhotes nascem, dando despesas inesperadas e fazendo com que a família use a criatividade e o talento de seus pinguins para superar a fase difícil.
        O livro é muito divertido e esse é seu principal mérito. Fica fácil imaginar as cenas descritas pelos autores, porque tudo parece muito vívido. Além disso, é muito legal a caracterização dos pinguins: eles têm personalidade, não sendo apenas meras aves de estimação.
        A narrativa inspirou o filme Os pinguins do papai, mas na verdade, as duas histórias têm pouco em comum, a começar pelo protagonista humano, que no filme é um empresário divorciado e sem tempo para os filhos que recebe um pinguim do pai.
        A edição brasileira, pela editora Intrínseca, tem uma capa bem colorida e ilustrações em preto e branco em meio ao texto que ajudam a dar o ar alegre ao texto.  

        A leitura é deliciosa e fica como dica de leitura ou presente para quem tem crianças em casa e também para quem, como eu, adora uma história simples e descontraída, digna de encantar em todas a idades. 


***
Pessoal, a partir dessa semana, estarei colaborando com o blog Cineevolução, com resenhas de filmes. 
Também gostaria de avisar que em 28/06 estreia minha coluna de livros no Randon Cast. Assim que acontecer a estreia, vou postar o link aqui para vocês conferirem.  

3 comentários:

Camila Deus Dará disse...

Niki,

eu vi o filme, mas não gostei muito. Fiquei curiosa sobre o livro, ele deve ser melhor que o filme. kkk

Eu nem sabia que existia esse livro, legal saber disso.

Beijos :)

HONORATO, Sandro disse...

Niki :)
Como vai?

Eu não vi o filme nem li o livro :O
Mas gostei da indicação >.<
Olha,na foto Jim Carrey tá com uma camisa do Pittsburgh Penguins(time de Hockey) kkkkkkkk

Beijos e bom final de semana
Rimas Do Preto

Isie Fernandes disse...

Oi, Nick.

Eu já sabia que esse livro era bem-humorado. =) E o filme, além de engraçado, é lindo! Gostaria muito de lê-lo, seria ótimo conhecer a história original.

Beijos,

Isie Fernandes - de Dai para Isie