terça-feira, 12 de julho de 2011

O último suspiro: I - SAMUEL

Nota: Esse é o começo de um pequeno romance que vou compartilhar com vocês. Espero que gostem.

O ÚLTIMO SUSPIRO 


I
 SAMUEL


Esporeou o cavalo para que se apressasse. A mensagem do irmão, que lhe chegara cedo pela manhã, o deixara atormentado e tinha pressa em chegar em casa para confirmar o que fora afirmado com tinta no papel.
Sua mente vagava por pensamentos atormentados e recordações distantes. Há menos de um ano fizera aquele mesmo trajeto, com uma emoção totalmente diferente. Naquele tempo, ainda era um jovem sonhador demais, chegando de Londres para abrir um consultório na pequena cidade natal, que deixara fazia seis anos.
Quando chegara em casa, depois daqueles anos, encontrou o irmão mais velho casado e os pais já mortos há quatro anos. Fora bem recebido pela cunhada e pelo irmão e logo lhes expôs sua vontade de permanecer naquela casa, que também era sua, até conseguir boa renda com o consultório que pretendia montar na cidade próxima. Não houve objeção e assim foi feito.
Sabia que dessa vez sua chegada não traria alegria nenhuma, e nem tinha boas expectativas. As palavras da missiva matinal ainda se embaralhavam em sua mente, e uma única parecia ter sido gravada a fogo em sua mente. Morte.

Um comentário:

Rosa Mattos disse...

olá Niki,

essa primeira parte está impecável.

Já t^ curiosa pra saber o que virá na sequência.

beijos♫