segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Poemas infantis

Depois do poema infantil dedicado ao meu cachorro, escrevi mais alguns poemas infantis que ficaram guardados. Hoje, compartilho dois deles com vocês. 


RAPOSINHA
Branquinha e gordinha,
Do pelo fofinho
Olhar curioso
Orelhas em pé
Se esconde na neve
Assim que te vê! 



TEOBALDO, O COELHINHO
O coelhinho Teobaldo
Era medroso pra caramba
Já corria só de ouvir barulho alto! 
Se escondia embaixo do travesseiro
Com as orelhas baixas
"Ui! Que medo!" 
Que medo tem o Teobaldo
Do lobo malvado
E do cão do Abelardo! 

Eu achei eles bonitinhos, mas minha opinião não conta muito...hehe. 
Até a próxima. 

2 comentários:

Jorge disse...

Bem a tempos não vinha aqui e hoje senti uma vontade de procurar o teu blog e gostei de tudo o que eu vi, parabéns Niki escreves muito bem, e me trouxe uma paz que eu queria esta noite ^^

Meg disse...

Aww que fofinhos! Principalmente o coelho.