segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Notícias...

Oi, gente! Como eu mencionei no post anterior, estamos numa fase muito boa... ^^
Consegui meu primeiro emprego, de vendedora, em uma livraria. Começei hoje mesmo...
Além disso, minha formatura do Ensino Médio será no próximo sábado.
Bem, vocês devem imaginar o quanto meu tempo anda escasso... Então, não tenho escrito muito.
Pra não deixar o blog sem atualização, hoje vou postar um poema de Shakespeare, que eu amo...





Há certas horas, em que não precisamos de um Amor...

Não precisamos da paixão desmedida...
Não queremos beijo na boca...
E nem corpos a se encontrar na maciez de uma cama...
Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado...
Sem nada dizer...
Há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir...

Alguém que ria de nossas piadas sem graça...
Que ache nossas tristezas as maiores do mundo...
Que nos teça elogios sem fim...
E que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade
inquestionável...
Que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado...
Alguém que nos possa dizer:
Acho que você está errado, mas estou do seu lado...
Ou alguém que apenas diga:
Sou seu amor! E estou Aqui!

^^ Au revoir!

2 comentários:

Isabella F. disse...

Oi Nicole obrigada por linkar o Simbologia Maldita em seus links. Obrigada pelo carinho ^^


www.simbologiamaldita.com

paulinha disse...

oi niki,achei lindo esse poema de shakespeare,é exatamente como nos sentimos às vezes,parabéns pelo blog,muito legal...