sexta-feira, 25 de setembro de 2009

The islander

Olá, povo! Sumi por um tempinho... Estava envolvida com uma gincana e com outras coisinhas aqui... Além disso, andei um pouco resfriada. Enfim, andei escrevendo pouco na últimas semanas, então acabei nem postando aqui. Mas to de volta e hoje temos um outro conto. Esse foi inspirado em outra música do Nightwish (pra variar), chamada "The Islander". O clip dessa música é um dos meus preferidos da banda... E quando o vi me inspirei a escrever.

O ilhado

A lua era cheia mas as nuvens a cobriam e passeavam pelo céu noturno como fantasmas negros e esfumaçados.
O mar dançava ao ritmo do vento forte.
A luz amarela do velho farol iluminava os rochedos e uma sombra, pertencente à um velho de barba e cabelos brancos, face sulcada e marcada pela exposição ao sol e ao vento. Era como uma rocha alterada e maltratada pelas intempéries, e estava sentado na borda do penhasco onde o farol se encontrava. Como as montanhas resistem aos séculos, ele resistira aos anos de trabalho pesado no mar, com suas outrora impecáveis roupas de capitão e seu quepe, que ainda se encontrava em sua cabeça.
Agora ele estava velho. Tinha sido deixado para trás, operando o farol.
A função monótona lhe tirava o ânimo e fazia-o sentir-se inútil, vendo navios chegarem e partir enquanto continuava ali parado, observando apenas.
Seu coração estava no mar, batia no mesmo compasso em que as ondas rebentavam na costa.
Navegar era ter liberdade como as gaivotas, acordar cada dia num novo porto e descobrir que o horizonte nunca tinha fim.
O velho suspirou e puxou com força o ar repleto de maresia.
Talvez, logo ele voltasse a viajar; dessa vez por portos ainda não visitados, por rotas desconhecidas, jamais desbravadas, de onde ninguém retornava.

Até mais, bjos.

2 comentários:

Carol disse...

OOOOI desculpe a demora T.T então, eu adorei como sempre! Pois é, o seu jeito de descrever tudo é incrível, sei lá, mas suas palavras me encantam, naquele sentido de "ah, eu amo ler isso!" Você vai longe, hun? Even More Kisses

Claudya disse...

Oi, estou retribuindo a visita ao meu blog, já estou add seu blog tb. bks e parabéns. Gothicbox